2 de novembro de 2013

O Desaparecimento das Abelhas


Onde estão as abelhas?


http://revistagloborural.globo.com/EditoraGlobo/GloboRuralv2/img/transp.gif

video
http://revistagloborural.globo.com/EditoraGlobo/GloboRuralv2/img/transp.gif












http://revistagloborural.globo.com/EditoraGlobo/GloboRuralv2/img/transp.gif




"Se as abelhas desaparecessem da face da terra, a espécie humana teria somente mais 4 anos de vida. Sem abelhas não há polinização, ou seja, sem plantas, sem animais, sem homens". Albert Einstein, físico.
A frase acima mostra como as abelhas são indispensáveis à humanidade. Desde os tempos mais primórdios, o homem tratou de usar seu mel para alimentar-se. Mas há alguns anos, os produtos derivados da apicultura encontram-se cada vez mais caros, dado o misterioso desaparecimento de abelhas que ocorre no mundo.
A conseqüência desse desaparecimento traz inúmeros problemas, pois muitas espécies vegetais dependem da abelha para sua reprodução. Assim, muitas árvores frutíferas deixariam de existir, o que afetaria a de alimentação de diversos animais, afetando toda a cadeia alimentícia existente na natureza, como um efeito dominó.
Pesquisadores da Universidade de Cornell, dos Estados Unidos, estimam que 1/3 dos alimentos que consumimos são diretamente dependentes do papel das abelhas na natureza. Além disso, elas são responsáveis pela polinização de 80% dos cultivos existentes. Os cientistas acreditam que o prejuízo causado pela diminuição desses insetos chega a 14 bilhões de dólares, somente nos EUA.
Até agora, não há consenso entre os cientistas sobre o motivo que teria ocasionado a desaparição das abelhas. Alguns creditam a razão ao cultivo de monoculturas e a intensificação do uso de agrotóxicos e as queimadas. Outros pensam que a domesticação desses insetos para a produção de mel fez com que não conseguissem mais sobreviver na natureza. O fato com que todos concordam é que o problema afeta todo o planeta.
Um grupo de cientistas da Universidade de Leeds, no Reino Unido afirma que a diversidade das abelhas selvagens naquele país diminuiu 80%, por conta de um vírus não identicado. No Iraque, a Guerra do Golfo causou efeitos tóxicos que destruíram 90% das colônias apícolas do país.
Preocupada com o problema, a marca de sorvete Häagen Dazs, lançou um site chamado "Ajude as abelhas", em que o internauta comanda uma abelha, que voa entre árvores frutíferas, descobrindo a importância do inseto para cada uma delas. A sorveteria tem interesse especial na questão, já que grande parte dos frutos usados em sua produção depende da atuação das abelhas.

0 comentários:

Postar um comentário