15 de novembro de 2016

Novos abalos sísmicos assustam o mundo

Terremotos na Nova Zelândia e na Argentina.


video


Nova Zelândia
Um tremor de magnitude 7,8 atingiu a área central da Nova Zelândia pouco depois da meia-noite de segunda (14), horário local (9h de domingo em Brasília), de acordo com o Serviço Geológico dos EUA.
O primeiro-ministro do país, John Key, disse que duas pessoas morreram. A polícia disse que uma das vítimas foi encontrada em uma casa na cidade turística costeira de Kaikoura.
A Defesa Civil do país emitiu um alerta de risco de tsunami, com o aviso de que os moradores de áreas costeiras busquem abrigos em regiões mais altas.
Key informou que ondas de 2 metros atingiram a costa e que a ameaça de tsunami foi rebaixada.
Argentina
Um terremoto de magnitude 5,7 sacudiu neste sábado (12) o nordeste da Argentina, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). Por enquanto não foram reportados feridos nem danos materiais.
O tremor de terra aconteceu às 23h01

 a uma profundidade de 121 quilômetros e seu epicentro foi situado a 24 quilômetros a leste da cidade de Tinogasta, na Argentina, segundo o alerta emitido pelo Serviço Geológico americano.
A cidade de Tinogasta, de mais de 14 mil habitantes, fica na província de Catamarca.
As seguintes cidades em proximidade ao epicentro do tremor são as localidades de Arauco, a 74 quilômetros; Andalgalá, a 114 quilômetros; Chilecito, a 119 quilômetros e La Rioja a uma distância de 152 quilômetros, detalhou o USGS.

O que causa os terremotos?

Os terremotos são causados pela movimentação das placas tectônicas, um grupo de doze grandes blocos da crosta terrestre onde estão assentados os oceanos e continentes. Essas placas estão em constante movimento, à deriva sobre o magma incandescente que se movimenta abaixo delas.

0 comentários:

Postar um comentário