21 de março de 2011

Explicando a Super Lua




video

video

No dia 19 de março, a lua atinge sua posição mais próxima da Terra, conhecida como perigeu – algo que só acontece a cada 18 anos. O resultado é que, ao nascer no Leste, nosso satélite natural estará maior e mais brilhante do que o normal. A lua cheia varia de tamanho por causa de sua órbita oval. O trajeto elíptico tem um lado (chamado perigeu) cerca de 50 mil km mais perto da Terra do que o outro (apogeu). Para um observador no planeta, a lua, no perigeu, fica 14% maior e 30% mais brilhante do que no apogeu.No dia 19 de março, a lua estará em seu perigeu máximo – 356.577 km de distância. A proximidade é beneficiada por outra coincidência: para a maior parte do ocidente, ela surge no horizonte menos de uma hora após o perigeu. Esse fenômeno aconteceu pela última vez em março de 1993.Essa proximidade da lua pode aumentar um pouco as marés, mas não há com o que se preocupar: as variações serão de apenas alguns centímetros a mais do que o normal. A Nasa ainda alerta que, diferentemente do que alguns boatos que circularam na internet dizem, as luas de perigeu não deflagram desastres naturais.E para, quem quer tirar belas fotos, outra dica da Nasa: o melhor momento para observar a lua é quando ela ainda está perto do horizonte. Em contraste com árvores e prédios, ela parecerá maior.

0 comentários:

Postar um comentário