16 de agosto de 2010

Chapada Diamantina - Bahia (Brasil)











O Parque Nacional da Chapada Diamantina é um dos mais fascinantes parques naturais Brasileiros. O cenário montanhoso abriga uma extraordinária variedade de ecossistemas como Cerrado, Mata Atlântica, Campos rupestres, Caatinga. As bromélias e orquídeas encontraram ai um ambiente privilegiado, adaptando-se as diferenças de clima, altitude e solo. As serras que culminam a 1700 metros no Esbarrancado oferecem sustento a Jaguatiricas, onças, mocós, veados, teiús e seriemas.
Os maciços de quartzito resistiram a erosão iniciada no Pré- Cambriano formando torres minerais ou morros. Os índios Maracás e Cariris dominaram a região antes da chegada dos primeiros bandeirantes por volta de 1750. Os morros mais representativos com altitudes médias de 1450 metros se espalham pelos municípios de Palmeiras, Lençóis e Mucugê :
O monte Tabor (Morrão), Calumbi (Morro do Camelo ), o Pai Inácio e o Morro Branco do Paty desafiam o tempo e alimentam as lendas locais.
As cidades que rodeiam o Parque Nacional abundam em prédios de arquitetura colonial, lembranças vivas da riqueza do ciclo do diamante que fez do Brasil o primeiro produtor mundial no início do século vinte.. As trilhas abertas pelos garimpeiros são percorridas hoje por amadores de trekking vindos do mundo inteiro. Ainda é possível encontrar velhos garimpeiros que conheceram a época em que as riquezas jorravam das serras.
Os principais rios da Bahia escondem suas nascentes nas encostas da Chapada, os rios Paraguaçu e de Contas cavaram profundos cânions nas serras e planícies, gerando cenários de divina beleza na Cachoeira da Fumaça, nas grutas de Iraquara e no Poço Encantado.
O Parque Nacional da Chapada Diamantina foi decretado em 1985 e está atualmente em processo de implementação, sendo administrado pelo Ibama com sede em Palmeiras.
As associações de guias presentes em todas as localidades devem ser solicitadas para realizar qualquer roteiro dentro do Parque por razões de segurança e de proteção ao meio ambiente.
As agências de turismo, pousadas e comunidades alternativas promovem roteiros de bike, off-road, canoa, a pé e de mula além de estadias espiritualizadas com direito a cursos de permacultura e vivências de vidas passadas !

0 comentários:

Postar um comentário